Fique por dentro ...

Visando sempre manter nossos clientes bem informados das obrigatoriedades fiscais, bem como das mais recentes novidades do mercado de automação comercial e informática, disponibilizamos aquí as mais importantes e atualizadas informações sobre obrigatoriedades, equipamentos, novidades, etc... Mantendo assim nossos clientes sempre atentos as responsabilidades fiscais e evitando possíveis autuações provenientes do desconhecimento das obrigações determinadas pela secretaria de tributação do estado.

  • FIM DAS ECFS? evite surpresas desagradáveis.

  • O Estado do Rio Grande do Norte não irá mais lacrar ECFs a partir de Janeiro de 2017, então o comerciante que estiver abrindo um novo estabelecimento deverá usar a NFCe ( Nota Fiscal ao consumidor eletrônica ).

    Todos os demais estabelecimentos que já tem ECFs lacradas, devem proceder o mais rapidamente com a troca de suas ECFs pela NFCe, passando assim a emitir cupons fiscais eletrônicos.

  • O que é SAT CFe ou NFCe?

  • SAT-CF-e ou NFCe (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos) tem por objetivo documentar eletronicamente todas as operações comerciais do varejo dos contribuintes, em substituição aos atuais equipamentos ECF que já haviam substituido anteriormente as notas fiscais manuais.

    O SAT será composto por um hardware com software e certificado digital embarcado que se incumbirá de transmitir direto aos servidores da secretaria de tributação, via internet, todas as vendas realizadas no estabelecimento. O equipamento em questão não terá módulo impressor, a impressão do recibo da transação será realizada em qualquer impressora comum que o estabelecimento possuir. O grande diferencial para o lojista será o baixo valor de implantação do mesmo quando comparado ao investimento que se tem hoje em dia ao se automatizar o estabelecimento, pois será apenas necessário a compra do SAT (que terá custo reduzido comparado a uma ECF) e do software homologado, pois os demais equipamentos já são comuns a qualquer estabelecimento comercial (Computador, Impressora Jato de Tinta ou Laser, Conexão com a Internet, etc...). Lembramos ainda que o SAT CFe , assim como o ECF também permitirá a emissão do Cupom Fiscal sem a necessidade de cadastro do cliente , como não ocorre com a NFe.

    O Estado de São Paulo já estará implantando com obrigatoriedade o SAT a partir do dia 01/07/2013 para TODAS as novas empresas, e posteriormente em substituição a todas as ECFs das empresas que as tem já implantadas. Os próximos estados da federação já autorizados a implantarem o SAT CFe são: Alagoas, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e Sergipe, posteriormente a serem seguidos pelos demais estados da federeção.

  • O que é NFe?

  • A Nota Fiscal Eletrônica é parte integrante do projeto do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) trata-se de um documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços ocorrida entre as partes, cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente e recepção, pelo fisco, antes da ocorrência do Fato Gerador. Nosso software homologado possui o mais moderno e rápido emissor de NFe incluso, sem custos adicionais, trazendo assim comodidade ao uso da NFe por parte do lojista.

    Lembramos que é obrigação e responsabilidade do emissor da NFe Utilizar somente certificado digital no padrão ICP-Brasil para assinatura das Notas Fiscais Eletrônicas, Armazenar os documentos eletrônicos (XML da NF-e) autorizados pela SEFAZ em repositório seguro para exibição ao fisco quando necessário. O armazenamento deve ser feito durante o prazo decadencial (10 anos) exigido pela legislação, Realizar o envio por e-mail ou através do próprio software de automação, do arquivo eletrônico gerado da NF-e (XML), após ter tido sua autorização concedida pela SEFAZ, ao cliente da empresa emissora (ou destinatário da NF-e) uma vez que é o documento que contém a validade jurídica da transação comercial realizada entre o emissor e o destinatário e por último mais não menos importante, após autorização da NF-e pela SEFAZ, deve-se imprimir a DANFE (representação gráfica da NF-e) para que a mesma seja enviada em conjunto com a mercadoria vendida. A DANFE não é uma nota fiscal, nem substitui uma nota fiscal, servindo apenas como instrumento auxiliar para consulta da NF-e, pois contém a chave de acesso da mesma, o que permite ao detentor desse documento confirmar a efetiva existência/status da NF-e.

  • CEST - Código Especificador de Substituição TributáriaFique por dentro de como proceder para continuar validando suas NFe's.
  • Configuração Ideal do ComputadorAo contrário do que os concorrentes dizem, Não existe COMPUTADOR ESPECÍFICO para automação comercial, por sermos uma assessoria em informática, respeitamos nossos clientes e não agimos como meros vendedores de hardware, veja aquí o que REALMENTE seu computador precisa e evite gastos exorbitantes.
  • Padrão Correto de TomadasEm 80% dos casos, os erros de hardware com Impressoras fiscais e problemas de Software com computadores, são causados por quedas de energia e instalações incorretas, conheça aquí como proteger de forma barata e eficiente seus equipamentos.
  • Providências de Estrutura FísicaMais do que se imagina é comum ocorrerem problemas na implantação dos sistemas de automação devido a falhas na execução da estrutura física dos caixas e estabelecimento, veja aquí regras básicas simples do que deve ser providenciado junto ao seu eletricista, marceneiro, etc... para prevenir posteriores problemas na hora de implantar sua automação.